Produtos

SEQUA™ Skin Closure - curativo para ferida cirúrgica

QUANDO é NECESSÁRIO O CURATIVO PARA FERIDA CIRÚRGICA?

Após passar por uma cirurgia ou se ferir, o paciente precisa ter o corte fechado e tratado. Para isso, as suturas são realizadas, com dispositivos apropriados ao tipo de lesão.

Sobretudo, o curativo para ferida cirúrgica tem a finalidade de fechar ou unir tecidos como pele, mucosas, músculos, vasos sanguíneos e órgãos. Além de restituir a anatomia funcional dos tecidos, essas ligações também são necessárias para evitar a infecção da ferida. Bem como promover a hemostasia, auxiliar na cicatrização e favorecer um bom resultado estético.

Apesar de ter ainda que lidar com a dor do corte, hoje o paciente não precisa passar pelo incômodo processo de sutura tradicional. Isto é, com pontos com agulha. 

Afinal, já existem tecnologias que permitem que o curativo para ferida cirúrgica seja feitos de forma menos invasiva e dolorosa.

Por exemplo, através do Sequa Skin Closure, um novo dispositivo para o rápido e fácil fechamento da maioria das feridas aguda. Especialmente as cirúrgicas e as laceradas.

Assim, o Skin Closure foi projetado para permitir um fechamento não invasivo da  ferida. Não só isso, mas também para estimular o melhor fechamento da pele, além da cicatrização precoce e bem-sucedida.

Ademais, a técnica não invasiva reduz o trauma tecidual e melhora o conforto do paciente. Também minimiza as cicatrizes após o processo de cicatrização.

Registro ANVISA: 80109170025

Baixe o catálogo do SEQUA™ Skin Closure Curativo para ferida cirúrgica

O QUE É um CURATIVO PARA FERIDA CIRÚRGICA NÃO INVASIVO?

Atualmente, há métodos bem menos invasivos que são uma opção aos tradicionais pontos cirúrgicos. Afinal, os dispositivos para fechamento de feridas como o Sequa Skin Closure são projetados para fechar a lesão de forma simples e prática.

Para isso, é feito com material colante, que permite fechar diversos tipos de feridas. Não só as mais superficiais, mas também a maioria das feridas agudas. Por exemplo, as cirúrgicas e as laceradas.

Além disso, em casos de ferimentos profundos, a sutura adesiva também pode ser utilizada combinada com os demais procedimentos médicos, como sutura subcutânea e após o ponto cirúrgico. Dessa forma, ela atua proporcionando alívio ao paciente.

Então, em comparação à técnica de ponto cirúrgico, essa sutura não invasiva se diferença nos seguintes aspectos: 

bg-grey

Permite o fechamento não invasivo da ferida

Reduz trauma tecidual

Promove o conforto do paciente

Minimiza as cicatrizes após o processo de cicatrização

CURATIVO PARA FERIDA CIRÚRGICA: APICAÇÕES SUGERIDAS

Em geral, os curativos não invasivos para fechamento de feridas são versáteis e podem ser benéficos para uma série de aplicações. A seguir, confira algumas delas.

  • Emergências, dada a forma fácil e rápida de aplicação;
  • Cirurgias minimamente invasivas (laparoscópicas);
  • Cesárea sem sutura intradérmica e com sutura intradérmica;
  • Cirurgia torácicas em crianças e adultos;
  • Para síndrome de Arnold Chiari, conferindo uma rápida cicatrização;
  • Reconstrução de mama;
  • Abdominoplastia;
  • Aproximação de bordas de deiscência;
  • Cirurgia de tireoide;
  • Cirurgias Ortopédicas;
  • Cirurgias Cardíacas;
  • De forma combinada com a sutura subcutânea, em casos de ferimentos profundos ou após o ponto cirúrgico para proporcionar alívio ao paciente;
  • Sobretudo, por ser um método indolor, é recomendada para crianças, que não precisam temer picadas e anestesia.
bg-grey

Vantagens do curativo para ferida cirúrgica: sutura não invasiva

Então, já vimos que, ao contrário dos métodos tradicionais, esse tipo de curativo foi projetado para trazer mais conforto ao paciente e segurança à cicatrização. A seguir, veja algumas vantagens da utilização desse dispositivo:

  • Rápido e fácil de aplicar;
  • Totalmente indolor;
  • Estimula melhor fechamento da pele;
  • Método não invasivo e mais seguro;
  • Redução de trauma tecidual;
  • Mais conforto para o paciente;
  • Risco de infecção reduzido;
  • Minimiza as cicatrizes após o processo de cicatrização;
  • Apresenta boa duração durante o processo de recuperação;
  • Deixa o corte menos visível e exposto;
  • Reduz o tempo dedicado a sutura e otimiza o tempo de cirurgia;
  • Esteticamente mais interessante de utilizar.

COMO APLICAR AS SUTURAS NÃO INVASIVAS PARA FECHAMENTO DAS FERIDAS CIRÚRGICAS:

Em suma, a aplicação é muito simples e rápida. Para isso, no local onde será aplicada, a pele do paciente deve estar limpa e seca, inclusive a borda da ferida. A seguir, confira o passo a passo:

  1. Primeiro, realize a assepsia do local com água fria;
  2. Em segundo lugar, lave a pele em volta da ferida, garantindo que as bordas também estão limpas adequadamente;
  3. Em seguida, seque o local sem esfregar.
  4. Depois, de forma delicada, feche o ferimento pressionando as bordas uma contra a outra;
  5. Por fim, aplique o adesivo sobre o local.

Assim, além de prevenir infecções, o adesivo irá se fixar melhor com a pele bem limpa e seca. Portanto, siga o passo a passo para que a aplicação do curativo para ferida cirúrgica seja segura e bem-sucedida.