NOSSAS ESPECIALIDADES

Produtos Hospitalares
para Estética

 Hoje, a medicina estática é uma tendência no Brasil, o campeão mundial em procedimentos estéticos A saber, essa especialidade trata desde sequelas deixadas por outros procedimentos cirúrgicos, bem como marcas trazidas pelo passar do tempo. Para isso, os produtos hospitalares para estética são ferramentas essenciais. Não só para a segurança dos pacientes, mas também para a assertividade dos procedimentos.

Quer saber mais sobre nossos produtos?

Receba nosso catálogo completo.

Melhor portfolio de produtos para saúde.
produtos-hospitalares-para-estetica-02
bg-grey

PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS EM CRESCIMENTO

A chamada “medicina estética” surgiu em 1973, e desde então se espalhou pelo mundo rapidamente. Inclusive, o Brasil alcançou a marca de 969 mil procedimentos estéticos não cirúrgicos realizados em todo o território nacional durante o ano de 2021. Dessa forma, o País se tornou o número um entre os países que mais realizam procedimentos estéticos.

Hoje, os procedimentos mais buscados são aqueles com foco no rejuvenescimento facial. Por exemplo, os que corrigem linhas e rugas de expressão, a fim de recuperar a aparência mais jovem.

Diferença entre procedimentos
estéticos cirúrgicos e não invasivos

Primeiramente, é preciso destacar que os procedimentos estéticos são divididos em dois grupos principais: os procedimentos estéticos cirúrgicos e os procedimentos estéticos não invasivos. A seguir, veja mais sobre cada um deles:

Procedimentos estéticos cirúrgicos

Assim como o próprio nome já diz, nos procedimentos cirúrgicos o paciente deve passar por uma cirurgia. Portanto, o procedimento envolve anestesia local ou geral, apresenta um tempo de recuperação mais longo e envolve exames mais complexos no período pré-cirúrgico.

Procedimentos estéticos não invasivos

Em contrapartida, os procedimentos estéticos não invasivos são em geral mais simples, rápidos e práticos. Assim, apresentam menos traumas e não envolvem nenhum tipo de internação ou operação. Portanto, o tempo de recuperação é menor, assim como os valores dos procedimentos.

Principais problemas tratados pela Estética

Portanto, pode-se dizer que os procedimentos estéticos são técnicas utilizadas para tratar incômodos estéticos na pele, corpo ou rosto. Nesse sentido, podem ser cirúrgicos (cirurgias plásticas) ou não invasivos. No segundo caso, os principais problemas que a Estética resolve, são:

Rugas e linhas de expressão

Geralmente, a aplicação de toxina botulínica é um dos procedimentos mais utilizados para esse fim. Por exemplo, para tratar as rugas e marcas de envelhecimento não somente no rosto, como também no pescoço e colo.

Além disso, são utilizados também outros equipamentos como laser, luz pulsada e radiofrequência. Mas o objetivo é sempre estimular a produção de células que garantem firmeza e sustentação à pele.

Cicatrizes de acne

Na maioria das vezes, as cicatrizes causadas por acne estão na testa, bochecha, na lateral do rosto ou no queixo. Aliás, essa situação é bastante comum e pode afetar diretamente a autoestima do paciente, especialmente dos mais jovens.

Mas, esse tipo de cicatriz não desaparece sozinho. Por isso, alguns tratamentos são indicados pelo dermatologista ou esteticista para melhorar o aspecto da pele. Embora variem de acordo com a idade, tipo de pele e profundidade das marcas, alguns procedimentos são bastante comuns, como:

  • Microagulhamento;
  • Laser;
  • Preenchimento com ácido hialurônico;
  • E injeção de plasma.

Imperfeições no pós-operatório

Além disso, a Estética também resolve imperfeições causadas por algum tipo de intervenção cirúrgica. Ou seja, para melhorar os resultados de outro procedimento. Assim, ao invés do paciente passar por uma nova cirurgia, ele recorre às técnicas de Estética para fazer correções ou melhorias.

Por exemplo, um caso bastante comum é corrigir as cirurgias de lipoaspiração ou abdominoplastia. Tanto para eliminar o restante da gordura que não saiu na intervenção, como também melhorar a flacidez da barriga. Nesse caso, são introduzidos ativos nos tecidos da região a fim de otimizar a cicatrização, amenizar as dores e diminuir o efeito do inchaço.

Excesso de gordura nos braços e pernas

Muitas pessoas optam pelos procedimentos estéticos a fim de se livrar das gorduras em excesso na região das coxas e braços. Aqui, geralmente são técnicas não invasivas que eliminam a gordura e ainda remodelam o corpo.

Por exemplo, um tratamento bastante comum é a lipocavitação e ultracavitação. Ambos são feitos com energia ultrassônica de alta intensidade, que destrói as células de gordura indesejadas.

Remoção de pelos

Enfim, um dos problemas mais comuns que a estética busca resolver são os pelos indesejados. A saber, a depilação a laser é a melhor opção, para a remoção dos pelos de forma segura e eficaz.

De maneira geral, o alvo do laser é a melanina. Assim, o bulbo e a haste do pelo absorvem o calor, ocasionando a destruição térmica da sua estrutura. Então, o principal benefício é que a depilação acontece de forma homogênea, ideal para resolver o problema de pelos em regiões como buço, axila, costas, pernas, virilha ou qualquer outra área do corpo.

Principais procedimentos realizados

Decerto, a área de Estética traz um cenário animador para quem trabalha ou pensa em empreender neste setor. Afinal, existe um potencial consumidor enorme para serviços e intervenções estéticas. Nesse sentido, os principais procedimentos realizados, são:

  • Harmonização facial;
  • Preenchimento labial;
  • Preenchimento de mandíbula;
  • Tratamento para olheiras;
  • Toxina botulínica;
  • Peeling químico;
  • Ácido hialurônico;
  • Microagulhamento.

PRODUTOs HOSPITALARes PARA ESTÉTICA:
veja o mais utilizado

Em resumo, a estética é uma área bastante abrangente, que envolve a realização de diferentes tipos de procedimentos. Por isso, existem uma infinidade de produtos hospitalares para estética, cada um escolhido de acordo com uma finalidade diferente.

Entretanto, existem também aqueles materiais cirúrgicos que todo esteticista usa como forma de realizar procedimentos mais seguros, eficientes e que trazem mais conforto e segurança aos pacientes. Por exemplo, um material cirúrgico amplamente utilizado nesta área é a caneta marcadora.

bg-grey

Canetas marcadoras cirúrgicas

As canetas marcadoras são usadas para marcar o local em que serão feitos procedimentos. Dessa forma, o profissional terá um guia visual a seguir.

Para que sejam eficientes, as canetas cirúrgicas precisam ter secagem rápida e traço perfeito. Além disso, devem ser específicas para este fim: desenvolvida com material antialérgico e resistente aos produtos químicos geralmente utilizados.

Assim, a MEM Cirúrgica oferece a caneta marcadora de pele na cor violeta genciana, da marca Aspen. A saber, é reconhecida pelos profissionais pela resistência e confiabilidade na aplicação. Então, clique aqui e conheça essa solução que é indispensável para as clínicas e consultórios de estética.