O QUE VOCÊ PRECISA?

ADESIVO PONTO CIRÚRGICO

A saber, o adesivo ponto cirúrgico é um dispositivo estéril que substitui a sutura e a cola cirúrgica. Assim, é uma moderna tecnologia para o fechamento de feridas agudas, como as incisões cirúrgicas e as lacerações.

Sobretudo, o adesivo ponto cirúrgico foi criado para estimular o fechamento da pele. Por isso, acelera o processo de cicatrização e reduz as cicatrizes. Também o produto pode ser utilizado em conjunto com suturas de pele em grandes feridas.

VANTAGENS DE UTILIZAR O ADESIVO PONTO FALSO:

  • Fechamento precoce de grande parte das feridas agudas;
  • Fechamento não invasivo;
  • Redução do trauma tecidual;
  • Maior conforto do paciente durante a recuperação;
  • Facilidade na utilização;
  • Rapidez para a aplicação do produto;
  • Sem necessidade de suturas.
bg-grey

Quer saber mais sobre nossos produtos?

Receba nosso catálogo completo.

Melhor portfolio de produtos para saúde.

Suturas: um avanço para a saúde da humanidade

A saber, os primeiros relatos sobre procedimentos realizados para o fechamento de feridas são do ano 1100 a.C., no Egito Antigo. Nessa época, era utilizado o ferro em brasa para a cauterização das feridas.

Mais tarde, fios como barbantes já eram utilizados como suturas. Porém, tudo era feito de forma não asséptica, o que aumentava as chances de infecções e complicações.

Somente em 1865, o cirurgião inglês Joseph Lister introduziu a antissepsia, a partir de fundamentos científicos, para o tratamento de ferimentos e realização de operações. Além de difundir o uso do ácido carbólico nas feridas e sobre os curativos, Lister também desenvolveu as suturas absorvíveis estéreis.

Assim, com o passar dos anos, o aprimoramento dos materiais utilizados para sutura levou à criação de diferentes tipos de fios e outros acessórios modernos. Hoje, as suturas adesivas, como o dispositivo ponto falso trazem ainda mais praticidade para os cirurgiões e reduzem as contaminações.

bg-grey
Design sem nome - 2022-07-28T113038.668

Fases da cicatrização da pele

Decerto, a cicatrização da pele é um processo complexo, que envolve componentes celulares e bioquímicos. Sobretudo, tem como função restaurar a função e as estruturas dos tecidos. Portanto, ela envolve três fases principais:

Fase inflamatória

A saber, essa fase inicia no exato momento da lesão, e dura cerca de 3 dias. Assim, nesse momento, o dano no tecido desencadeia todo o processo de restauração do local. Primeiro, o corpo ativa o processo de coagulação e uma rede de fibrina para tentar impedir a contaminação da ferida. Por isso, surgem os sintomas da inflamação: dor local, inchaço, calor e vermelhidão.

Fase proliferativa

Por outro lado, a fase proliferativa é a fase da regeneração, que pode durar entre 5 e 20 dias. Aqui, ocorre a proliferação de fibroblastos, que originam a “fibroplastia”. Ou seja, as células se proliferam a fim de formar o tecido de granulação. Então, ao final da fase proliferativa a ferida está recoberta com esse tecido e pronta para iniciar o processo de regeneração.

Fase de maturação

Por fim, a última fase do processo de cicatrização é a fase de maturação ou reparo. Decerto, ela pode durar até 3 meses ou mais! Aqui, a vascularização do tecido é diminuída, permitindo que ele seja remodelado. Assim, as fibras são alinhadas a fim de aumentar o aspecto da cicatriz. Enfim, nessa fase a cicatriz altera de forma progressiva a tonalidade, passando de vermelho escuro para rosa claro.

ADESIVO PONTO CIRÚRGICO E OUTRAS INOVAÇÕES PARA O FECHAMENTO DE FERIDAS

Embora alguns cirurgiões ainda prefiram realizar o ponto cirúrgico com linha e agulha, as inovações dos produtos hospitalares vêm substituindo cada vez mais essa técnica “à moda antiga”.

Hoje, os pontos cirúrgicos são feitos por meio de técnicas que surgiram para trazer mais segurança e praticidade para o processo. Por exemplo:

  • Pontos cirúrgicos com grampos;
  • Pontos cirúrgicos com cola;
  • Pontos cirúrgicos com adesivos.

Pontos cirúrgicos com adesivo

 

Com certeza, o adesivo ponto cirúrgico é uma das inovações mais eficientes para substituir os pontos tradicionais. Aqui, o fechamento da ferida na pele é feito de forma menos invasiva e dolorosa.

Sobretudo por permitir o rápido fechamento das feridas, o adesivo ponto cirúrgico reduz o risco de infecções. Além disso, o material colante permite fechar não só as feridas mais superficiais, mas também as feridas mais agudas. Por exemplo, as cirúrgicas e laceradas. Também pode ser utilizado em feridas irregulares, não importa a dimensão.

Por fim, é permitido o uso do adesivo ponto cirúrgico em pronto socorro. Aliás, é um material rápido de aplicar e muito fácil de usar.

Além disso  o adesivo pode ser utilizado combinado com outros procedimentos, como a sutura subcutânea e o próprio ponto cirúrgico. Nesses casos, ele atua garantindo alívio e conforto para o paciente.

Adesivo ponto cirúrgico Sequa Skin Closure

Aqui na MEM Cirúrgica trabalhamos com o Sequa Skin Closure,  um curativo para ferida cirúrgica não invasivo, que garante uma cicatrização mais rápida e segura.

Também, o produto:

  • Fechamento não-invasivo da ferida;
  • Mais conforto e menos dor para o paciente;
  • Boa duração durante a recuperação;
  • Cicatrização mais rápida e cicatrizes reduzidas;
  • Aplicação fácil e em menor tempo que a sutura;
  • Otimiza o tempo da cirurgia.

Agora, clique abaixo para saber mais sobre esse dispositivo extremamente versátil, que pode ser benéfico para várias aplicações

bg-grey
Design sem nome - 2022-07-28T113224.688

Adesivo ponto cirúrgico você encontra na MEM Cirúrgica!

A MEM Cirúrgica nasceu com o propósito de oferecer ao mercado médico-hospitalar a mais alta qualidade de produtos cirúrgicos. Por isso, trabalhamos com materiais criados com base nas Boas Práticas de Fabricação de Produtos para a Saúde, e conforme as regras da ANVISA


Além do Sequa Skin Closure, temos disponíveis outros produtos cirúrgicos que são essenciais para os profissionais que atuam em diferentes especialidades médicas. Acesse aqui para baixar o nosso catálogo completo agora mesmo!